Outubro Rosa: Campanha de prevenção do câncer de mama

O Outubro Rosa é uma campanha criada para informar e estimular a participação da população no controle do câncer de mama e de reduzir a mortalidade por essa doença. 

O que você precisa saber sobre o câncer de mama

Câncer de mama é uma doença que acomete mais as mulheres. Podendo acometer homens também, porém de forma menos frequente. 


Os fatores de risco em mulheres são:  idade avançada, uso prolongado de hormônios femininos, excesso de peso e história familiar ou mutação genética. 


As mulheres que não tiveram filhos ou tiveram o primeiro filho após os 35 anos, não amamentaram, fizeram uso de reposição hormonal, menstruaram muito cedo (antes dos 12 anos) e entraram mais tarde na menopausa (acima dos 50 anos) são mais propensas a desenvolverem a doença. No entanto, há casos de mulheres que desenvolvem a doença sem apresentar fatores de risco identificáveis.


Em geral, o primeiro sinal da doença costuma ser a presença de um nódulo único, não doloroso e endurecido na mama. Outros sintomas, porém, devem ser considerados, como a deformidade e/ou aumento da mama, a retração da pele ou do mamilo, os gânglios axilares aumentados, vermelhidão, edema, dor e a presença de líquido nos mamilos.


A mamografia (raios-X das mamas) é o exame mais indicado para detectar precocemente a presença de nódulos nas mamas. O exame clínico e outros exames de imagem e laboratoriais também auxiliam o diagnóstico. 


Apesar de a maioria dos nódulos de mama ter características benignas, para afastar qualquer erro de diagnóstico, o médico pode solicitar uma biópsia para definir se a lesão é maligna ou não, as características e extensão do tumor. 


As formas de tratamento variam conforme o tipo e o estado câncer. Os mais indicados são: quimioterapia (uso de medicamentos para matar as células malignas), radioterapia (radiação), hormonoterapia (medicação que bloqueia a ação dos hormônios femininos) e cirurgia, que pode incluir a remoção do tumor ou mastectomia (retirada completa da mama).

O tratamento pode, ainda, incluir a combinação de dois ou mais recursos terapêuticos.


Recomendações: 

  • Faça o autoexame das mamas mensalmente, de preferência no 7º ou 8º dias após o início da menstruação, se você é mulher e tem mais de 20 anos, pois cerca de 90% dos tumores são detectados pela própria paciente;

  • Procure o médico para submeter-se ao exame das mamas a cada 2 ou 3 anos, se está entre 20 e 40 anos; acima dos 40 anos, realize o exame anualmente;

  • Não se esqueça de que a mamografia deve ser realizada todos os anos;

  • Atenção: embora menos comum, o câncer de mama também pode atingir os homens. Portanto, especialmente depois dos 50 anos, é importante considerar sinais da doença como nódulo não doloroso abaixo da aréola. 


.

.

.

.

.

Referência: Portal Drauzio Varella

Central de Atendimento

19 3275-0000

Horário Atendimento

24H

ASSISTÊNCIA FAMILIAR

Unidade Hortolândia

(19) 3865-1703

ASSISTÊNCIA FAMILIAR

Unidade Campinas

(19) 3275-0000

COLINA DOS FLAMBOYANTS

Mogi Mirim - SP

(19) 3806-7788

(19) 3806-7060

PARQUE HORTOLÂNDIA

Hortolândia - SP

(19) 3909-0237

FMC - FUNERÁRIA

Hortolândia - SP

(19) 3504-7555

MEMORIAL GARDEN

Ourinhos - SP

(14) 3026-4710
(14) 3026-2847

Renegociação de Débitos

(19) 3500-1998

calendario agenda.png

Agenda

Flamboyant

icone_facebook_aq.png
icone_instagram_Aquarela.png
iconyoutube.png